Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Semana começa com 14,7 mil vagas abertas e salários de até R$ 27,5 mil

Fora do DF, há boas oportunidades no Judiciário, Executivo e Legislativo estadual, de norte a sul do país

21/09/2015 10:02 | Atualização: 21/09/2015 11:07

Rodolfo Costa

Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press
Atualmente, há 14,7 mil vagas abertas no país, distribuídas entre mais de 95 seleções, com salários de até R$ 27,5 mil. Para aproveitá-las ao máximo, candidatos que estão na expectativa por uma vaga no serviço público devem cogitar a possibilidade de realizar provas fora da cidade de origem.

No Distrito Federal, o governo também estuda medidas de austeridade que reduzirão a contratação de servidores, mas a expectativa é de que o concurso da Secretaria da Criança, que oferece 86 cargos, mais 284 vagas para formação de cadastro reserva, transcorra de forma normal.

Fora do DF, há boas oportunidades no Judiciário, Executivo e Legislativo estadual, de norte a sul do país. O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) está com concurso para formação de cadastro de reserva para cargos de técnico e analista judiciário. No Rio Grande do Norte, o Ministério Público do estado está com 12 vagas para o cargo de defensor público.

Em São Paulo, o Tribunal de Contas do Estado oferece 125 vagas de nível médio para o cargo de auxiliar de fiscalização. A prefeitura paulistana abriu processo seletivo para 595 vagas, com salários de R$ 5,4 mil a R$ 13,9 mil para o cargo de auditor municipal de controle interno. Quem almeja a carreira policial pode concorrer a uma das 1.590 vagas para a Polícia Militar de Minas Gerais.

O coordenador pedagógico da VestconOnline, Alexandre Amorim, recomenda que os candidatos busquem oportunidades em outros locais. “Quem quer assumir um cargo ou emprego público não deve ficar parado. É importante cogitar todas as possibilidades e não largar os estudos. Pelo contrário. Deve intensificá-los”, afirma.

“Para reforçar as matérias e saber como as bancas examinadoras as cobram, o ideal é realizar pelo menos uma prova por semana. Concurso público é treino”, frisa Amorim.

PESQUISA DE CONCURSOS