Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Por conta da crise, Dilma veta criação de quase 200 cargos no CNMP

A presidente alegou que o momento é de empreender esforços para alcançar o equilíbrio fiscal

18/09/2015 10:05 | Atualização: 18/09/2015 10:17

Sílvia Mendonça

AFP PHOTO/EVARISTO SA
A presidente Dilma Rousseff vetou, nesta sexta-feira (18/9), o Projeto de Lei nº 53 de 2015 que cria cargos efetivos e em comissão, além de funções de confiança, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). De acordo com a publicação, feita no Diário Oficial da União, a sanção do projeto, neste momento, “contrariaria esforços empreendidos pelo Governo no sentido de perseguir o equilíbrio fiscal na gestão dos recursos públicos”.

A mensagem da presidente ainda destaca que, sobretudo no contexto econômico atual, é vital que o esforço em torno do equilíbrio financeiro seja compartilhado por todos os agentes públicos, em todos os Poderes da República.

De acordo com a Agência Senado, o projeto prevê a criação de 90 cargos de auditor nacional de controle, 30 de técnico nacional de controle, 26 funções de confiança e 42 cargos em comissão na estrutura administrativa do CNMP. Ao mesmo tempo, a proposta extingue 14 funções de confiança.

PESQUISA DE CONCURSOS