Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

TCU, Ministério do Planejamento e mais cinco órgãos aplicam provas neste domingo

Ao todo, candidatos disputam 850 vagas de níveis médio e superior. Confira os locais de prova e a concorrência de cada seleção

02/10/2015 15:53

Sílvia Mendonça

Gustavo Moreno/CB/D.A Press
TCU
O Tribunal de Contas da União (TCU) registrou 563 inscrições no concurso com uma vaga para o cargo de procurador do Ministério Público junto ao TCU. A prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, terá a duração de 5 horas e será aplicada às 8h. Os locais de realização estão disponíveis no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), a banca organizadora. Candidatos vão disputar um dos mais altos salários do serviço público: R$ 28.947,55. Também será formado cadastro reserva.

Concorrentes são graduados em direito e têm, no mínimo, três anos de atividade jurídica. O aprovado será lotado em Brasília. Candidatos também passarão por avaliações discursivas, prova oral, avaliação de títulos e exame de higidez física e mental. O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Ministério do Planejamento
O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) oferece 80 vagas de analista de planejamento e orçamento. Questões de conhecimentos gerais serão aplicadas pela manhã, às 8h, e as de conhecimentos específicos pela tarde, às 14h30. Os dois exames terão 4h30 de duração. Os locais de realização da etapa estão disponíveis no site da Escola de Administração Fazendária (Esaf), banca organizadora da seleção.

Bruno Peres/CB/D.A Press
Ao todo, 12.220 pessoas se candidataram às oportunidades – concorrência geral de, aproximadamente, 152 por vaga. O cargo exige nível superior e tem remuneração de R$ 15.003,70. Confira aqui o edital.

As oportunidades são divididas entre as áreas de planejamento e orçamento (62), tecnologia da informação/gestão e desenvolvimento de sistemas (10), tecnologia da informação/gestão de infraestrutura de TI (4) e gerência de projetos e governança de TI (4). Candidatos devem ser graduados em qualquer curso de nível superior.

O processo seletivo conta com provas objetiva, discursiva e de títulos. Também será realizado curso de formação. Do total das vagas, quatro são reservadas para pessoas com deficiência e 16 para negros. A lotação dos novos servidores será em Brasília. O concurso tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

PCAC
A Polícia Civil do Acre (PCAC) divulgou que 1.817 pessoas se candidataram ao concurso com 17 vagas para cargos de perito criminal e perito médico-legista. As provas objetivas contarão com questões sobre língua portuguesa, ética e legislação da Administração Pública, informática básica, noções de criminalística, direito constitucional, direito penal e processual penal, entre outras disciplinas. Para conferir o local de realização da etapa, clique aqui. De acordo com o edital, publicado pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), banca organizadora da seleção, a remuneração é de R$ 7.680.

Ao posto de perito criminal concorrem candidatos com qualquer nível superior e formados em engenharia mecânica, farmácia-bioquímica, contabilidade, engenharia química industrial, engenharia elétrica, engenharia civil e engenharia florestal.

Haverá ainda provas discursivas, prova de títulos, teste de aptidão física, exame psicotécnico, entrevista pessoal, investigação criminal e social e curso de formação (com 760 horas-aula).

Os aprovados podem ser lotados nas cidades de Rio Branco, Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Tarauacá. Atualmente, o estado do Acre conta com 32 peritos criminais, dos quais oito devem se aposentar em breve. A demanda anual de laudos periciais processados é de 20 mil.

PM de Minas Gerais
A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) oferece 120 vagas para ingresso no curso de formação de oficiais, com salário de R$ 5.69,43. Ao todo, 4.121 pessoas se inscreveram na seleção. Do total de vagas, 108 são para homens e 12 para mulheres. Participam candidatos formados em direito, com altura mínima de 1,60m. Clique aqui para conferir o local de prova.

A primeira fase será aplicada nas cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre e Poços de Caldas.

Confira aqui o edital.

Além de provas objetivas e discursivas, o concurso também conta com prova oral e de títulos; exames de saúde, psicológico e toxicológico; e teste de capacidade física. A matrícula no curso de formação está prevista para 7 de março de 2016.

Escola de cadetes do Exército
A Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCex) oferece 500 vagas exclusivas para o sexo masculino no o curso de formação e graduação de oficiais de carreira. Os locais de prova estão disponíveis no site www.espcex.ensino.eb.br.

O concurso conta com duas fases. A primeira consiste no exame intelectual que será aplicado em todo país, em dois dias consecutivos. No primeiro dia será aplicada a prova de português, redação, física e química. E, no segundo dia, será a vez das avaliações de matemática, geografia, história e inglês. As provas serão aplicadas em 3 e 4 de outubro, das 13:30 às 18:00, em locais escolhidos pelos candidatos no ato de inscrição. Os gabaritos deverão ser publicados em 5 de outubro, no site da EsPCex.

Participam candidatos com nível médio completo e idade mínima de 17 e máxima de 22 anos, até a data da matrícula. A altura exigida é de, pelo menos, 1,60m. O edital proíbe qualquer tatuagem que faça alusão à ideologia terrorista ou extremista contrária às instituições democráticas, à violência, à criminalidade, à ideia ou ato libidinoso, à discriminação ou preconceito de raça, credo, sexo ou origem, ou ainda, à ideia de ato ofensivo às forças armadas.

Após a conclusão da EsPCEx (curso que dura uma ano, em Campinas/SP), o aluno pode ir para a Academia das Agulhas Negras (AMAN) em Resende, Rio de Janeiro, onde por mais quatro anos faz curso para aspirante a oficial, com salário inicial de R$ 5.605,01.

A segunda etapa do concurso consiste em inspeção de saúde e exame de aptidão física. A homologação do concurso será em 4 de dezembro.

Companhia de Docas de São Paulo
Vinculada à Secretaria de Portos de São Paulo, a Companhia de Docas do estado (Codesp) oferece 88 oportunidades. As chances são destinadas ao cargo de auxiliar portuário, que exige nível fundamental completo. Para conferir os locais de provas, candidatos devem acessar o site da banca organizadora, a Cetro Concursos. Segundo o edital, 18 vagas são reservadas a candidatos negros. Não há chances resguardadas a deficientes.

Os inscritos serão submetidos a provas objetivas, na cidade de Santos/SP. Serão 60 questões sobre português e matemática. Haverá ainda prova aptidão física.

Sob o regime jurídico estabelecido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), quem conseguir ser aprovado na seleção vai receber salário de R$ 1.091,25 por seis horas diárias de serviço, além de vale alimentação/refeição no valor de R$ 864,90.

Prefeitura de Teresina
A Prefeitura de Teresina/PI oferece 44 vagas imediatas e cadastro reserva para nível médio e superior na Fundação Hospitalar de Teresina (FHT), sendo que 32 são para o cargo de médico e 12 para técnico. Candidatos podem conferir os locais de prova no site da banca organizadora, o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Universidade Estadual do Piauí (NUCEPE/UESPI). As remunerações variam de R$ 1.170,91, para nível médio, e R$ 6.951,67, para nível superior.

De acordo com o edital, as provas são divididas em 50 questões objetivas de múltipla escolha, baseadas em conhecimentos gerais e específicos. O exame será realizado somente na cidade de Terezina/PI. O resultado final tem data provável para a divulgação no dia 26 de outubro, no Diário Oficial do Município.

Em nível médio, candidatos concorrem aos postos de técnico em imobilização em gesso e técnico em patologia clínica, sendo que os candidatos deverão ter, além do ensino médio completo, curso na área correspondente. Para nível superior, os cargos são de médico clínico geral (plantonista) e médico pediatra (plantonista), dos quais os inscritos deverão ter curso superior na respectiva área do cargo, sendo que o segundo também deverá conter residência médica em pediatria.

A validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. As vagas também são destinadas para o cadastro, em que 5% são reservados para os deficientes físicos.

PESQUISA DE CONCURSOS