Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Suspenso há cinco meses, DPU retoma concurso com 143 vagas

Novo cronograma foi divulgado, com provas marcadas para o ano que vem

30/10/2015 11:26 | Atualização: 09/11/2015 11:05

Lorena Pacheco

Os concurseiros podem comemorar. Saiu no Diário Oficial da União novo edital da Defensoria Pública União (DPU) retomando a seleção suspensa em maio deste ano. As inscrições serão reabertas de 9 a 22 de novembro, pelo site da organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe). As provas também foram remarcadas para o ano que vem, no dia 24 de janeiro. Veja aqui todas as alterações.

Quem já tinha se inscrito na seleção e quiser ter de volta o valor da taxa de inscrição poderá solicitar a devolução entre os dias 14 e 16 de dezembro, pelo mesmo site citado.

Saiba mais
Os cargos redirecionados da Defensoria Pública da União, pelo Ministério do Planejamento, foram devolvidos ao órgão. Neste mês, a Justiça Federal do Distrito Federal deferiu o pedido de liminar da DPU e os 393 postos, entre os quais os 143 vagas do concurso suspenso, voltaram a fazer parte da sua estrutura organizacional.

De acordo com o juiz Marcelo Rebello, da 16º Vara, a inexistência de cargos compromete gravemente o desempenho de proteção dos direitos das pessoas com menos recursos, que é a missão da defensoria. Para Rebello, a redistribuição “prejudica sobremaneira a continuidade de serviço público relevante e indispensável, o que se revela francamente incompatível com os valores da Constituição e o interesse público primário (máxima concretização do direito fundamental de assistência jurídica integral e gratuito), em nítido retrocesso social”, defendeu o magistrado.


Veja o que vai cair na provas no edital de abertura e comece já a se preparar. O concurso abriu chances para todas as unidades da federação. Saiba mais aqui.


PESQUISA DE CONCURSOS