Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Ministério da Justiça abre nova seleção simplificada para Brasília

Os contratos terão validade de março a dezembro

25/02/2016 09:24 | Atualização: 25/02/2016 10:57

Lorena Pacheco

Breno Fortes/CB/D.A Press
O Ministério da Justiça, por meio do Departamento Nacional Penitenciário (Depen), abriu processos seletivos simplificados para contratação temporária de três consultores técnicos na modalidade produto. Os aprovados serão lotados em Brasília, de março a dezembro, e o valor dos contratos variam de R$ 50 mil a R$ 100 mil.

Uma oportunidade pode ser disputada por candidatos com graduação em ciência da computação, engenharia da computação, sistemas de informação, gestão da informação ou áreas correlatas. O objetivo é selecionar consultor especializado em metodologias e Sistemas de Gestão de Informações. Para concorrer ainda é preciso ter pelo menos quatro anos de experiência em projetos de softwares, desenvolvimento de API %u0301s e webservices e ao menos um ano de experiência no âmbito da Administração Pública. As inscrições podem ser feitas até 4 de março.

Outra chance foi aberta para a política de assistência social do sistema prisional. Podem concorrer candidatos com nível superior na área de humanas e ciências sociais, com experiência profissional de, no mínimo, cinco anos. As inscrições serão aceitas até 3 de março.

E a última vaga é destinada ao fortalecimento das ações de educação do sistema prisional, também para formados na área de humanas e com experiência mínima de cinco anos. Inscrições até 3 de março.

Todos os currículos devem ser enviados para prodocde-pen@mj.gov.br.

PESQUISA DE CONCURSOS