Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Além das 78 vagas autorizadas em concurso, Anvisa tem outros 35 cargos vagos

A vacância acontece nos cargos de técnico administrativo, analista e especialista

22/04/2016 16:48 | Atualização: 22/04/2016 16:55

Do CorreioWeb

Antonio Cunha/CB/D.A Press

Após autorização de concurso público pelo Ministério do Planejamento, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) tem o prazo de seis meses para lançar o edital com 78 vagas para técnicos administrativos. Porém, além das vagas de preenchimento da seleção, ainda há outras que precisam ser supridas.

 

Segundo a assessoria, o órgão tem 35 cargos vagos nas funções de técnico administrativo (23 vagas), analista (três vagas) e especialista (nove vagas). Ainda de acordo com a assessoria, não há previsão de autorização de concurso para os demais cargos, pois a abertura de vagas está sendo negociada com o Ministério do Planejamento.

 

O salário inicial para técnico administrativo é de R$ 3.109,52, podendo chegar a R$ 5.689,52 com gratificação. O certame é destinado à substituição de terceirizados, para locação em Brasília.

Giulio Cézare, coordenador do departamento de Vigilância Sanitária da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), avalia que outros estados têm necessidade de pessoal e necessitam da abertura de concursos. "São 26 unidades descentralizadas, juntamente com a sede do órgão em Brasília. Os concursos que saem tem sido direcionados para atender as necessidades somente da sede. Os outros estados tem demandas que não dizem respeito somente à área administrativa, mas à fiscalização e inspeção de portos, aeroportos e fronteiras". Ele afirma que outro fato agravante é que, em 2017, 80% do pessoal que atua na área de fiscalização e inspeção pode se aposentar.


PESQUISA DE CONCURSOS