Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

De forma inédita, mulheres poderão ingressar no Ensino Militar Bélico

Com cerca de 92 mil candidatos inscritos no concurso para formação se sargentos do Exército Brasileiro, dos quais cerca de 17 mil são mulheres, a concorrência entre as candidatas foi um dos aspectos que surpreendeu positivamente

07/10/2016 09:35 | Atualização: 07/10/2016 09:43

Mariana Fernandes

Exército Brasileiro/Divulgação

Um novo concurso para formação de sargentos do Exército Brasileiro será realizado neste domingo (9/10). Além de superar as expectativas ao apresentar um acréscimo de quase 100% no número de inscrições, o certame também ganhou destaque por, de forma inédita, destinar vagas ao ingresso de mulheres na Linha do Ensino Militar Bélico.

Com cerca de 92 mil candidatos inscritos, dos quais 17 mil são mulheres, a concorrência entre as candidatas foi um dos aspectos que surpreendeu positivamente a corporação. Só para a linha de combatentes (que antes era de exclusividade masculina) totalizou-se cerca de 12.500 inscritas. Elas concorrerão para as 70 vagas destinadas ao Ensino Militar Bélico, o que reflete uma proporção de 179 candidatas por vaga. As informações são da Escola de Sargentos das Armas (EsSA).

Vencida a primeira fase de provas intelectuais (objetivas), as candidatas aprovadas passarão também por inspeções de saúde e exames de aptidão física. O primeiro ano de formação (período básico) ocorrerá em Organizações Militares de Juiz de Fora (10º Batalhão de Infantaria Leve e 4º Grupo de Artilharia de Campanha Leve) e do Rio de Janeiro (1º Grupo de Artilharia Antiaérea). No segundo ano, as alunas darão continuidade ao curso de formação na Escola de Sargentos de Logística, no Rio de Janeiro, ou no Centro de Instrução de Aviação do Exército, em Taubaté.

Durante a formação, as mulheres seguirão as mesmas rotinas dos homens, vivendo o regime de internato e seguindo os mesmos valores e princípios cultuados na caserna, como o patriotismo, civismo, amor à profissão, dedicação integral à pátria, espírito de sacrifício, lealdade, companheirismo, responsabilidade, probidade e camaradagem.

O concurso
A nova seleção do Exército Brasileiro é para a admissão aos cursos de formação de sargentos das áreas combatente, logística-técnica, aviação, música e saúde do Exército Brasileiro. No total, são oferecidas 1205 vagas.

Para sargentos combatentes há chances nas áreas de infantaria, cavalaria, artilharia, engenharia e comunicações. Nestes casos, o período de qualificação será realizado na cidade de Três Corações (MG). Para logística-técnica as áreas são material bélico (manutenção de armamento, mecânico operador e manutenção de viatura), manutenção de comunicações, topografia e intendência, com qualificação no Rio de Janeiro (RJ). E para aviação a área disponível é de manutenção, para qualificação em Taubaté (SP). Podem participar candidatos com nível médio e idade entre 17 e 24 anos.

Já para sargento-músico, as vagas são para os seguintes instrumentos: clarineta, fagote em dó/contra-fagote em dó, flauta em dó/flautim em dó, oboé em dó/corne-inglês, saxhorne, saxofone, tuba, trombone tenor/trombone baixo, trompa, trompete/ cornetim e flueghorne. E para saúde podem participar profissionais formados em enfermagem.

As inscrições foram realizadas de 9 de maio a 4 de julho, pelo site www.esa.ensino.eb.br. Haverá provas objetivas (sobre matemática, português e história) e discursivas em 9 de outubro, valoração de títulos, inspeção de saúde, exame de aptidão física e curso de formação.


PESQUISA DE CONCURSOS