Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Executivo do DF prevê lançar quatro concursos públicos até 2018

Serão 734 oportunidades para concursos novos

20/06/2017 15:06 | Atualização: 20/06/2017 17:34

Lorena Pacheco

Carlos Vieira/CB/D.A Press
No começo deste mês o governo do Distrito Federal enviou para análise da Câmara Legislativa o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2018 com mais de 2 mil vagas para provimento em concursos públicos. O Executivo havia informado ao Correio Braziliense que nem todas as vagas seriam para seleções novas, mas que na verdade a maioria das oportunidades seriam para noemar pessoas aprovadas em concursos já homologados ou em andamento. Agora, conseguimos contabilizar quantas dessas vagas serão de fato novas. Assim, quatro seleções estão previstas para serem abertas até 2018 pelo Executivo, de acordo com o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), são elas: Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH) - 357 vagas; Secretaria de Saúde - 337 vagas para médicos; Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) – 15 vagas; e Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) – 25 vagas.


Ao todo, 734 oportunidades novas poderão ser abertas. Mas o número ainda pode sofrer alterações, pois o PLDO ainda está em tramitação na Câmara Legislativa, e, mesmo assim, são oportunidades incertas. De acordo com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), cabe ressaltar que a realização do concurso da SEDESTMIDH (promessa de edital para este ano) foi delegada para o órgão e que, tanto a seleção da Sejus quanto da Adasa ainda estão sob análise e ainda não tiveram a autorização publicada no Diário Oficial do DF.

Ou seja, o governo não quer se comprometer com maiores gastos com pessoal, pois ainda está no limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ele ainda precisa reservar recursos para as 1.899 nomeações também previstas para a LDO 2018 de concursos já homologados ou em andamento. Saiba mais em: A maioria das vagas previstas na LDO de 2018 será para quem aguarda nomeação no DF 

Vagas no Legislativo

Sem muito alento no Poder Executivo, o jeito é depositar esperanças no Legislativo. Hoje, os concurseiros do DF se contentam com a promessa do esperado edital da própria Câmara Legislativa, que anunciou concurso público ainda para este ano. Serão 86 chances, distribuídas entre cargos de níveis médio e superior, com salário inicial para nível médio de R$ 10.143,07, e de R$ 15.123,30 para nível superior. Saiba mais detalhes.


Conselhos em Brasília

Outras alternativas, mesmo que com pouca quantidade de vagas, são os conselhos locais e federais com sede em Brasília. O Conselho Regional de Biomedicina da 3ª Região, por exemplo, abriu 390 vagas para o Distrito Federal e mais quatro estados (Goiás, Minas Gerais, Tocantins e Mato Grosso). São 12 chances para provimento imediato e o restante para formação de cadastro reserva e os salários variam de R$ 1.566,67 a R$ 3.256,87. Saiba quais cargos foram abertos.

O Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (Conter) e os Conselhos Regionais dos Técnicos em Radiologia (CRTRs) abriram edital público unificado com 78 vagas imediatas e 2.182 para formação de cadastro reserva para atuar no Distrito Federal e mais 15 capitais brasileiras.

Já o Conselho Federal de Medicina, com sede em Brasília, vai realizar um novo concurso público para o preenchimento de 106 vagas de níveis médio e superior. O órgão já definiu cargos e está em fase de contratação da banca organizadora.

A esperança é última que (não) morre

Segundo a sabedoria popular, não há mal que dure para sempre. De acordo com o projeto da LDO, estima-se que em setembro de 2018, o Executivo possa voltar aos patamares legais de despesas com pessoal e, quem sabe, os deuses dos concursos sorriem para nós. Leia mais em: LDO estima que GDF volte à legalidade de despesas com pessoal em 2018

Polícia Militar

A Polícia Militar do DF não entrou na conta, pois é custeada pelo Fundo Consitucional, mas também prometeu concurso público para este ano. Deverão ser abertas 2.024 vagas para a carreira de soldado. As chances serão distribuídas entre soldado combatente (500), soldado especialista corneteiro (18) e soldado especialista músico (6). Outras 1500 serão para formação de cadastro reserva. Eles estão em processo de contratação da banca organizadora. Saiba mais aqu. 

PESQUISA DE CONCURSOS