Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Exército abre concurso com 1.100 vagas de nível médio

A seleção é para admissão aos cursos de formação de sargentos das áreas geral, aviação, música e saúde

27/03/2018 13:32 | Atualização: 27/03/2018 13:41

Lorena Pacheco

Exército/Divulgação
O Departamento de Ensino e Cultura do Exército abriu, nesta terça-feira (27/3), novo concurso público com 1.100 vagas para a Escola de Sargentos das Armas (ESA). De acordo com o edital, publicado no Diário Oficial da União, a seleção é para admissão aos cursos de formação de sargentos das áreas geral, aviação (manutenção), música e saúde, com início em fevereiro de 2019 e término em dezembro de 2020.


O edital determina que estão abertas 910 vagas apenas para homens e 100 para mulheres para as áreas geral e de aviação. Outras 30 vagas para músicos (clarineta, tuba, flauta, fagote, oboé, saxhorne, saxofone, trompa, trombone, trompete, entre outros naipes). Há ainda 60 oportunidades para área de saúde (técnico em enfermagem).

Podem concorrer candidatos com nível médio, com idade entre 17 e 24 anos para a área geral/aviação ou entre 17 e 26 anos para as áreas de música e saúde. O Exército ainda exige altura mínima de 1,60m para homens e 1,55m para mulheres.

A área geral do concurso é dividida em duas partes: infantaria (cavalaria, artilharia, engenharia e comunicações) e material bélico – manutenção de viatura auto (material bélico – manutenção de armamento, material bélico – mecânico operador, material bélico – manutenção de viatura blindada, manutenção de comunicações, topografia e intendência).

Os candidatos serão submetidos a exame intelectual (em 29 de julho), valoração de títulos, inspeção de saúde, exame de aptidão física, exame de habilidade musical (apenas para candidatos a área de música) e comprovação dos requisitos biográficos.

Leia também: Especialistas questionam limite de vagas para mulheres em concursos militares


Isonomia entre os sexos na carreira militar está longe, avalia ministra do STM 

 

Inscrições

As inscrições poderão ser feitas de 28 de março a 20 de abril, pelo site www.esa.ensino.eb.br. A taxa custa R$ 95.

Somando os períodos básicos (ministrado de acordo com o posto escolhido no Rio de Janeiro, Juiz de Fora/MG, Natal/RS, Alegrete/RS, Jundiaí/SP, Pirassununga/SP, Pouso Alegre/MG, Fortaleza/CE, Blumenau/SC, Campo Grande/MS e/ou Jataí/GO) e de qualificação (ministrado de acordo com o posto escolhido em Três Corações/MG, Rio de Janeiro/RJ e/ou Taubaté/SP), o curso de formação tem 96 semanas.

De acordo com o edital, os militares que concluírem com aproveitamento o curso receberão diploma de graduação de nível superior tecnológico.

O regulamento ainda determina que se o candidato vier a concluir com aproveitamento um dos cursos será promovido à graduação de 3º sargento e terá seu tempo de serviço prorrogado de acordo com a legislação do Exército. Caso venha a completar 10 anos de efetivo serviço adquirirá o direito à estabilidade.

Exército/Divulgação


PESQUISA DE CONCURSOS