Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

PCDF prorroga data de provas de concurso com 417 vagas

Os cargos de delegado e peritos tiveram os exames adiados em uma semana

26/01/2015 12:43 | Atualização: 26/01/2015 12:45

Lorena Pacheco

Gustavo Moreno/CB/D.A Press
O concurso público lançado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), com 417 vagas, teve sua primeira retificação divulgada no Diário Oficial do DF. As provas objetivas para o posto de delegado, que seriam aplicadas no dia e 10 de maio, passam para o dia 17 de maio; e as discursivas, que seriam aplicadas em 26 de julho, agora acontecerão em 9 de agosto. Os peritos, por sua vez, terão os exames objetivos e discursivos transferidos do dia 17 de maio para o dia 31 do mesmo mês. A data das provas do cargo de papiloscopista não sofreu alteração.

Outra retificação, é referente a pontuação para as provas de delegado: os 200 itens dos exames objetivos passam a valer 100 pontos. E aiknda ficam acrescidos, ao conteúdo programático de direito penal, a Lei nº 9.503/1997 (crimes de trânsito - Código de Trânsito Brasileiro) e o Decreto-Lei nº 3.688/1941 (Lei das Contravenções Penais).

A seleção

Do total de chances abertas pela polícia, 200 são para delegado (100 chances imediatas e 100 para cadastro reserva), 157 para papiloscopista (50 imediatas e 107 para cadastro) e 60 para perito médico-legista (20 vagas imediatas e 40 para cadastro). As inscrições começam no dia 9 de fevereiro e vão até 16 de março, pelo site www.universa.org.br. As taxas vão de R$ 168 a R$ 192.

Para ser delegado é preciso formação superior em direito, e três anos de prática jurídica ou atividade policial. Quem tem qualquer curso de nível superior pode concorrer a papiloscopista. E formados em medicina podem concorrer ao posto de perito – é preciso ainda registro no conselho de classe.

Segundo os editais, quem passar para delegado ou perito recebem R$ 15.370,64, enquanto papiloscopistas têm salário de R$ 8.284,55. Cinco por cento das chances são reservadas a deficientes.

A seleção será composta ainda por exames biométricos e avaliação médica, sindicância de vida pregressa e investigação social, e curso de formação profissional (composto por mais de 400 horas/aulas). Aspirantes a delegado ainda farão prova oral e de títulos; quem quiser ser perito fará apenas prova de títulos. A Fundação Universa é a banca responsável pela aplicação das fases.

Os testes físicos serão compostos por teste dinâmico de barra fixa, flexão abdominal, meio sugado, e corrida de 12 minutos.

PESQUISA DE CONCURSOS