Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Secretaria da Criança do DF abre três editais de concurso com 1.088 vagas

São oferecidas vagas para diversas especialidades divididas em três cargos, com salários que chegam a R$ 5,2 mil

26/08/2015 12:45 | Atualização: 26/08/2015 13:24

Sílvia Mendonça

Andre Borges/Agência Brasília
Após muita expectativa, o Governo do Distrito Federal finalmente abriu concurso para a Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do DF. A pasta divulgou, nesta quarta-feira (26/8), três editais normativos. São oferecidas, ao todo, 1.088 vagas – 200 imediatas e 888 para cadastro reserva. Do total de oportunidades, 20% são reservadas a candidatos deficientes. A Fundação Universa é a banca organizadora da seleção. Os salários variam de R$ 3.730,22 a R$ 5.242,06.

O primeiro edital oferece oportunidades para o cago de atendente de reintegração socioeducativo, que exige nível superior em qualquer área. São oferecidas 114 vagas imediatas e 604 para cadastro reserva. O salário é de R$ 3.730,22, para jornada de trabalho de 30 horas semanais.

O segundo edital conta com vagas para o posto de especialista socioeducativo, sendo 62 imediatas e 141 para cadastro. Neste caso, as oportunidades são para as seguintes áreas: serviço social, pedagogia, psicologia, educação física, artes cênicas, artes música e artes plásticas. A remuneração é de R$ 5.242,06, também para jornada de 30 horas semanais.

Já o terceiro e último edital oferece quatro oportunidades imediatas e 11 de cadastro reserva ao cargo de especialista socioeducativo, nas áreas de administração, contabilidade, direito e legislação, e estatística. O salário também é de R$ 5.242,06, para jornada de trabalho de 30 horas semanais. Há ainda outras 20 chances imediatas e 132 de cadastro reserva para o posto de técnico socioeducativo, nas áreas de administração ou contabilidade. Para se candidatar às especialidades abertas para técnico, é preciso ter nível médio e técnico, respectivamente. O salário é de R$ 3.730,22, para jornada de 30 horas semanais.

O concurso é composto por provas objetivas e discursivas, além de sindicância de vida pregressa e investigação social, para todos os cargos. A depender do posto escolhido, também serão realizados avaliação psicológica e curso de formação. Candidatos ao posto de atendente de reintegração socioeducativo passarão, ainda, por prova de capacidade física. A primeira etapa será realizada nos dias 29 de novembro e 6 e 13 de dezembro, a depender do cargo pretendido. Todas terão duração de 4h30.

As inscrições serão abertas às 8h de 30 de setembro e seguirão até as 23h59 de 26 de outubro, pelo site da banca organizadora. As taxas de participação variam de R$ 68 a R$ 98.

O concurso tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, uma única vez.

PESQUISA DE CONCURSOS