Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

DPU e Governo/RN abrem inscrições de concursos com mais de 1.500 vagas

09/11/2015 11:10

Lorena Pacheco

Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Defensoria Pública da União

Até o dia 22 de novembro estão reabertas as inscrições do concurso com 143 vagas oferecidas pela DPU. Interessados em participar devem se cadastrar pelo site da organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe). Para participar é necessário pagar taxa de R$ 70 para cargos de nível médio, e R$ 100 para nível superior.

O concurso foi suspenso em maio deste ano e retomado no último dia 30 de outubro. Quem já tinha se inscrito na seleção e quiser ter de volta o valor da taxa poderá solicitar a devolução entre os dias 14 e 16 de dezembro, pelo mesmo site citado. Veja aqui todas as alterações.

Quem tem formação em qualquer curso superior pode concorrer aos postos de analista técnico-administrativo e técnico em assuntos educacionais, com salário de R$ 5.266,18. A mesma remuneração é oferecido para arquivologistas, assistentes sociais, bibliotecários, contadores, economistas, psicólogos, sociólogos, comunicadores sociais (jornalistas).

Há ainda chances de nível médio para agentes administrativo, com salário de R$ 3.817,98. Cinco por cento das chances são reservadas a pessoas com deficiência.

As provas foram remarcadas e agora serão aplicadas em 24 de janeiro de 2016. Todos os cargos vão ter que responder questões sobre língua portuguesa, noções de informática e raciocínio lógico; outras disciplinas como normas aplicáveis aos servidores públicos, noções de direito constitucional e administrativo serão cobradas de cargos específicos. Confira o edital de abertura completo.

Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte
O governo oferece 1.400 vagas, além do cadastro reserva, para a contratação de professores efetivos e especialistas em educação. A remuneração do concurso, que está sob organização do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), é de R$ 2.013,39.

Os candidatos que disputarem as vagas para professor deverão ter graduação em artes, ciências biológicas, educação física, história, geografia, língua portuguesa, matemática, pedagogia, libras, química, entre outras áreas. Há ainda o posto de especialista de educação, para suporte pedagógico, que exige ensino superior em pedagogia.

O concurso vai aplicar prova objetiva de múltipla escolha, em 10 de janeiro de 2016, em dois turnos. No período matutino a avaliação será aos candidatos que disputarão o cargo de especialista de educação. Já ao vespertino, será a vez dos cargos de professor. O exame terá 60 questões sobre língua portuguesa, conhecimentos didáticos e pedagógicos, além de conhecimentos específicos. Os candidatos passarão também por avaliação de títulos.

Os interessados poderão se inscrever até 7 de dezembro, pelo site da examinadora. A taxa custa R$ 65 e o pagamento deverá ser efetuado até o último dia de inscrição. Do total de vagas, 5% são para deficientes.

PESQUISA DE CONCURSOS