Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

Não passou na prova do concurso? Veja o que fazer para não desanimar

Professor de direito constitucional e juiz de direito substituto do TJDFT aponta as principais maneiras de vencer esse obstáculo

09/03/2016 09:40 | Atualização: 09/03/2016 09:51

Mariana Fernandes

Arquivo Pessoal
Aragonê Nunes Fernandes
A trajetória de um candidato a concurso público envolve persistência e disciplina. E, dependendo do objetivo de cada um, o ingresso no setor público pode demandar anos de dedicação. Mas, o que fazer para não desanimar depois de várias reprovações? Ou mesmo quando você é aprovado, mas fora das vagas ou em cadastro de reserva, e tem poucas expectativas de ser chamado? Não desanime! “Mesmo diante de uma reprovação, o aluno deve se reerguer e obter proveito de todo o esforço que teve e, principalmente, nunca desistir” aconselha o professor do IMP, Aragonê Nunes Fernandes.

Aragonê é professor de direito constitucional e juiz de direito substituto do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Acostumado a ver alunos desmotivados, ele conta como os incentiva diariamente. “Sempre que vejo alguém sem ânimo eu pergunto: você está satisfeito onde está agora? Você se vê trabalhando nesse mesmo local daqui a 10 anos?”. Segundo o professor, geralmente a resposta é “não” e por isso a principal dica é: “se movimente agora”.

O cenário atual de crise financeira também é um cenário desmotivador para o concurseiro. Diante de poucos editais abertos, o aluno acaba relaxando e neste momento, Aragonê afirma: “sobrevivem os mais fortes”. Ou seja, aqueles que aproveitam o momento desfavorável de crise para se adaptar e aproveitar o tempo para assimilar mais conteúdos. “O estudo deve ser a médio e longo prazo. Esperar sair um edital para se desesperar é uma péssima estratégia”.

Confira abaixo dez dicas para não se deixar levar pela desmotivação:

Não use desculpas para se enganar
Deixar as desculpas falarem mais alto é um grande erro, pois não será uma boa estratégia pro seu futuro. Quanto mais cedo se preparar de forma profissional, mais cedo o resultado vai chegar.

Não foque em um único concurso
A dica é ampliar o foco e não se prender em um único conteúdo. Identifique a área de seu interesse e estude todas as matérias necessárias. Estudar disciplinas muito específicas de algum certame tende a ser exaustivo e menos produtivo. Portanto, para não cair na desmotivação, é importante estudar de tudo um pouco e buscar a alternância de conteúdo.

Procure meios de reduzir a ansiedade
A ansiedade pode ser um dos maiores vilões nos estudos. Procure obter um cenário favorável dentro de casa, isso deixará a rotina mais calma. Se precisar, tenha uma conversa franca com todos os familiares para buscar auxílio e ter paz nos estudos. A prática de exercícios físicos também ajuda.

Não seja imediatista
A rotina é desafiadora, mas os benefícios são certamente compensadores. Neste momento o imediatismo só desmotiva. Ficar pensando unicamente no edital desejado gera ansiedade. O aluno deve aproveitar que o edital ainda não foi publicado para estudar todo o conteúdo e se preparar a médio e longo prazo. O tempo entre o edital e a prova servirá apenas para se aperfeiçoar e se preparar.

Faça provas quinzenais
A realização de provas de 15 em 15 dias é fundamental para aumentar a motivação. Este processo ajuda a mostrar a evolução dos seus esforços. Procure exercícios frequentemente e provas antigas. Neste caso, você deve fazer a prova inteira no prazo de quatro horas, como se fosse no dia do próprio concurso. A prova discursiva também é muito importante, não se esqueça dela. Dessa forma, você perceberá a evolução dos estudos e se está no caminho certo ou não.

Converse com quem já está no cargo desejado
Conversar com pessoas que chegaram no cargo que se deseja é muito motivador. Pergunte o que melhorou na vida desta pessoa depois da aprovação, quais foram os benefícios e verá várias vantagens que o impulsionará para os estudos de forma mais dedicada.

Não olhe apenas para a meta final
Não é preciso enxergar apenas o cargo final de seu interesse. Até chegar no posto você deverá passar por muitas áreas de conhecimento e muito conteúdo. Então, muitas vezes vai ingressar no setor público por meio de concursos mais simples até que alcance seu objetivo. Isso é motivador, pois trará resultados por etapas e a evolução será nítida.

Diminua a pressão externa

A pressão é muito prejudicial , seja ela derivada dos amigos, dos pais ou de si mesmo. Quando o aluno está estudando e os pais o sustentam financeiramente, existe uma cobrança externa e interna que pode desmotivar, caso a aprovação demore. Neste caso, é necessário estar seguro de si e de seus ideais.

Profissionalize o estudo

Profissionalizar o estudo é a grande meta. Encare a rotina de estudos como se fosse seu próprio trabalho. Acorde, tome banho, se alimente, se arrume e vá pra algum lugar estudar. Dê preferência a um local calmo, sem interferências que atrapalhe a concentração.

Não desista
Para estudar é necessário abdicar de muitas coisas, mais isso é passageiro. Já os benefícios da aprovação, serão para a vida toda. Então, quando o sentimento de desmotivação tomar conta, lembre-se que você não é o único. Ninguém tem só sucesso na vida, todo mundo passa por momentos de falta de credibilidade em nós mesmos.

PESQUISA DE CONCURSOS