Concurso, CorreioWeb, Brasília, DF

publicidade

INSS e IBGE abrem inscrição e Anac encerra participações nesta segunda-feira

São 1.700 vagas em jogo, com salários de até R$ 11 mil

04/01/2016 09:46 | Atualização: 05/01/2016 14:59

Lorena Pacheco

Ed Alves/CB/D.A Press - Reprodução/Google
Instituto Nacional do Seguro Social
Candidatos de nível médio e superior já podem concorrer as 950 vagas imediatas oferecidas pelo novo concurso do INSS. De acordo com o edital do concurso, os salários variam de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09, respectivamente, e as chances são para lotação em todo Brasil, sendo 5% reservadas a pessoas com deficiência e 20% para negros.

De acordo com o regulamento, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é a banca responsável pela aplicação das provas, em 15 de maio. Os locais de aplicação deverão ser divulgados em 28 de abril pela examinadora. Os exames serão aplicados em todas as capitais do país.

Leia também: "Dá para passar no INSS se começar a estudar agora", acredita especialista

Quem tem graduação em serviço social pode disputar o cargo de analista do seguro social, são 150 oportunidades. Já para nível médio o posto oferecido é o de técnico do seguro social, com 800 chances disponíveis.

O concurso conta apenas com provas objetivas. Serão 70 questões de conhecimentos específicos de cada cargo e 50 de conhecimentos básicos (português, raciocínio lógico, noções de informática, direitos constitucional e administrativo, legislação previdenciária), de certo e errado. Lembrando que a banca anula uma questão certa sempre que o candidato erra outra questão. Ao todo, o exame vale 120 pontos e vai eliminar candidatos com menos que 36 pontos.

Interessados em concorrer podem se inscrever pelo site www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015, até 22 de fevereiro. As taxas vão de R$ 65 a R$ 80.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

São, ao todo, 600 vagas, sendo 460 para o cargo de técnico de nível médio, 90 são para analistas de nível superior e 50 destinadas a tecnologistas. Haverá ainda formação de cadastro reserva. As chances são para lotação em todo país. A organização do concurso coube a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

São 460 vagas para o cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas. A remuneração inicial é de R$ 3.098,85, mas com possibilidade de chegar a R$ 4.858,61, com titulações. A prova será aplicada em 17 de abril - serão 60 questões sobre português, geografia, matemática e conhecimentos sobre o IBGE. A taxa de participação custa R$ 49.

Outras 140 oportunidades são para analistas e tecnologistas, com remuneração inicial de R$ 7.000,49, com possibilidade de chegar a R$ 9.396,88, com gratificações.

Há vagas para formados em qualquer curso ou em análise de sistemas, sistemas da informação, tecnologia da informação, engenharia da computação, ciência da computação, informática, engenharia de sistemas, biologia, ecologia, geografia, engenharia florestal, engenharia agronômica, engenharia ambiental, ciências contábeis, administração, economia, direito, análise de sistemas, engenharia de produção, biblioteconomia, pedagogia, letras, comunicação social, psicologia, administração, engenharia cartográfica, entre outras áreas.

As provas serão aplicadas em 10 de abril, com 70 questões sobre português, inglês, raciocínio lógico quantitativo e conhecimentos específicos. Haverá ainda provas discursivas para todos os cargos e práticas para candidatos a áreas de design. A taxa custa R$ 69.

As inscrições vão até o dia 28 de janeiro, pelo site da banca. A classificação final será válida por um ano e pode ser prorrogada por igual período.

Segundo o edital, 5% das vagas são destinadas a pessoas com deficiência e 205 a candidatos negros.

Leia também: Ministério do Planejamento autoriza 82.023 vagas para o IBGE


Agência Nacional de Aviação Civil
Na contramão dos concursos citados, a Anac encerra hoje, às 23h59 as inscrições do concurso com 150 vagas de provimento imediato. Podem concorrer candidatos com nível médio e superior. De acordo com a Escola de Administração Fazendária (Esaf), a banca organizadora responsável pela seleção, os salários variam de R$ 5.957,52 a R$ 11.071,29.

Os interessados poderão participar pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. As taxas variam de R$ 90 a R$ 150. Do total de vagas, 12 são reservadas a deficientes e 31 para candidatos negros.

Leia também: Anac poderá convocar mais aprovados do que prevê edital recém-lançado

Ao cargo de analista administrativo, com 25 oportunidades, são aceitas inscrições de quem tem curso superior em qualquer área. O posto de especialista em regulação de aviação civil também exige graduação em qualquer curso superior (24 vagas) e ainda admite participação de quem é formado em engenharia mecânica, de aeronáutica ou de produção (18 vagas); em economia ou ciências contábeis (7 vagas); em engenharia civil, de produção ou arquitetura (10 vagas); e ainda oferece seis vagas para graduados com licença de piloto de linha aérea ou de helicóptero.

Já para os cargos de técnico administrativo e técnico em regulação de aviação civil é exigida apenas formação em nível médio, com 60 chances. Veja o edital de abertura

Todos os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas em 20 de março, com aplicação em todas as capitais brasileiras. Candidatos a especialista e analista ainda farão prova de títulos e curso de formação.


PESQUISA DE CONCURSOS